ROCK IN RIO 2015

A organização do Rock in Rio divulgou nesta segunda-feira (14) detalhes sobre a estreia do festival em Las Vegas, em 2015. A primeira edição do evento nos EUA vai acontecer em dois finais de semana, nos dias 8, 9, 15 e 16 de maio, com público esperado de 80 mil pessoas por dia.
Os dois finais de semana serão divididos entre shows de rock, na primeira metade, e de pop, na segunda. Em entrevista ao jornal "New York Times" publicada na quarta-feira (9), Roberto Medina, presidente do Rock in Rio, disse que o investimento em mídia para divulgação do evento nos EUA será de US$ 30 milhões (cerca de R$ 66 milhões).
Em setembro de 2013 vai acontecer uma ação de divulgação na Times Square, em Nova York, com o o início de uma contagem regressiva para o Rock in Rio USA, e a comemoração de 30 anos do festival.
saiba mais
Rock in Rio confirma primeira edição do evento em Las Vegas para 2015
Rolling Stones no Rock in Rio Lisboa tem Springsteen e previsão para Copa
Estreia nos EUA
O Rock in Rio confirmou em março a edição do festival em Las Vegas, nos EUA, em 2015. Será a primeira edição do evento no país.
Além do Brasil, o Rock in Rio já teve edições na Espanha e em Portugal. A próxima edição no Rio também está confirmada para 2015, na Cidade do Rock.
Em 2014, o festival aconteceu em Lisboa. Rolling Stones, Lorde, Justin Timberlake e Ivete Sangalo estiveram entre as atrações da edição portuguesa, no fim de maio e começo de junho.
“O Rock in Rio já mostrou toda a sua força no Brasil, onde é desejado pelo público. Somente na última edição vendemos todos os ingressos em apenas quatro horas. Um recorde absoluto. Estamos presentes na Europa, em Lisboa e Madrid, onde temos uma forte percepção de marca. Somos top of mind, ao lado da Fórmula 1, na Espanha, e em Portugal, ao lado da Eurocopa. Nossa chegada aos Estados Unidos reforça o nosso desafio de firmar o Rock in Rio como o maior festival de música e entretenimento do mundo. Estamos entrando com o pé direito e com enorme investimento nesse mercado”, disse Roberto Medina, presidente do Rock in Rio. 

Fonte: G1